HomenoticiasQuais países aderiram ao caso da África do Sul contra Israel na...

Quais países aderiram ao caso da África do Sul contra Israel na CIJ?

Mais de 10 países apoiam o caso de genocídio da África do Sul contra a guerra de Israel em Gaza.

A Espanha afirma que se juntará ao caso apresentado pela África do Sul no Tribunal Internacional de Justiça (CIJ), que acusa Israel de violar as suas obrigações ao abrigo da Convenção do Genocídio na sua guerra na Faixa de Gaza.

Ao fazer o anúncio na quinta-feira, o ministro das Relações Exteriores espanhol, José Manuel Albares, disse: “Tomamos esta decisão à luz da continuação da operação militar em Gaza”.

Qual é o caso?

A África do Sul apresentou o seu caso contra Israel em Dezembro, acusando-o de cometer genocídio contra os palestinianos em Gaza. O número de mortos na guerra de Israel, que começou em outubro, ultrapassou os 36.500, segundo autoridades de saúde no território sitiado e bombardeado.

O caso da África do Sul perante o tribunal das Nações Unidas em Haia argumenta que Israel violou a Convenção do Genocídio de 1948, que foi estabelecida após o Holocausto e exige que todos os países evitem a recorrência de tais crimes. Esses casos podem levar anos para serem concluídos.

(Al Jazeera)

Quais países aderiram ao caso?

Todos os estados que assinaram a Convenção sobre Genocídio de 1948 são obrigados a não cometer genocídio e também a preveni-lo e puni-lo. O tratado define genocídio como “atos cometidos com a intenção de destruir, no todo ou em parte, um grupo nacional, étnico, racial ou religioso”.

Os Estados podem intervir num caso perante o TIJ se tiverem um interesse de natureza jurídica que possa ser afetado pela decisão do caso. Eles podem apresentar um pedido ao tribunal para serem autorizados a intervir, sobre o qual o tribunal pode então decidir.

Os países que aderiram ou declararam a sua intenção de aderir ao caso de genocídio da África do Sul contra Israel são:

  1. África do Sul: arquivou o caso em 29 de dezembro
  2. Nicarágua: solicitou adesão em 8 de fevereiro
  3. Bélgica: declarou intenção de aderir em 11 de março
  4. Colômbia: solicitou adesão em 5 de abril
  5. Peru: declarou intenção de aderir em 1º de maio
  6. Líbia: solicitou adesão em 10 de maio
  7. Egito: declarou intenção de aderir em 12 de maio
  8. Maldivas: declarou intenção de aderir em 13 de maio
  9. México: solicitou adesão em 24 de maio
  10. Irlanda: declarou intenção de aderir em 28 de maio
  11. Chile: declarou intenção de aderir em 2 de junho
  12. Palestina: solicitou adesão em 3 de junho
  13. Espanha: declarou intenção de aderir em 6 de junho

Vários outros países e organizações acolheram favoravelmente o caso da África do Sul no meio de um coro global a favor de um cessar-fogo em Gaza.

Fuente

RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Most Popular

Recent Comments