HomeentretenimentoAlec Baldwin tenta novamente rejeitar a acusação de ‘Rust’, alegando destruição de...

Alec Baldwin tenta novamente rejeitar a acusação de ‘Rust’, alegando destruição de provas

Embora o ator de “30 Rock” insista que não puxou o gatilho da arma de fogo, Hutchins foi morto a tiros e o diretor Joel Souza ficou ferido no set do filme de faroeste. Armeiro Hannah Gutierrez-Reed foi considerado culpado de homicídio culposo e sentenciado ao estado a no máximo 18 meses de prisão como resultado do tiroteio.

Em julho de 2024, Alec Baldwin também enfrentará um júri no Novo México, apesar das tentativas de seu advogado de rejeitar a acusação de “Rust” contra ele.

O artigo continua abaixo do anúncio

A equipe jurídica de Alec Baldwin afirma que as evidências de 'ferrugem' foram destruídas

MEGA

De acordo com documentos judiciais obtidos pelo The Blast, a equipe de defesa de Baldwin apresentou um documento de 25 páginas argumentando que o Estado destruiu provas importantes antes do julgamento. Seus advogados não perderam tempo com a acusação, abrindo o documento com uma declaração preliminar que afirma: “Não há dúvida de que o Estado destruiu conscientemente a prova mais importante do caso, sem tomar nem mesmo as medidas mais básicas para documentar sua condição original. .”

“O réu Alec Baldwin agora não tem capacidade de examinar ou testar a arma em seu estado original para refutar a teoria do governo de que ele puxou o gatilho no dia do acidente”, continua o comunicado, observando que “Alec Baldwin disse repetidamente aos investigadores que ele não puxou o gatilho e a arma simplesmente ‘disparou’”.

O artigo continua abaixo do anúncio

Permanece em debate se a arma ‘Rust’ foi modificada

Alec Baldwin conversa com a polícia para entrevista após tiroteio em Rust
MEGA

Houve algum debate em processos anteriores sobre se a arma foi modificada ou não. A questão também surgiu durante o julgamento de Hannah Gutierrez-Reed, ocorrido no início deste ano. Neste processo, os advogados de Baldwin afirmam que “a arma de fogo mostra sinais reveladores de modificações preexistentes, como suavização e marcas de ferramentas no martelo e na orelha”.

O artigo continua abaixo do anúncio

Os promotores atribuíram anteriormente essas alterações aos testes do FBI, que os advogados de Baldwin afirmam ser implausíveis. “É claro que os componentes internos da arma de fogo projetados para evitar disparos acidentais provavelmente foram modificados antes do acidente”, afirma o documento. “Mas devido à destruição desnecessária da arma de fogo pelo Estado, a defesa nunca poderá examinar e testar a arma para determinar se essas modificações corroboram as declarações de Baldwin de que ele não puxou o gatilho.”

O artigo continua abaixo do anúncio

Foi ‘desnecessário’ testar a arma ‘Rust’ antes do julgamento?

Polícia divulga fotos do set de Rust após tiroteio fatal
MEGA

Embora o Estado quisesse ver se a arma dispararia sem que o gatilho fosse puxado para corroborar a afirmação de Baldwin, os advogados de Baldwin observam que “os próprios especialistas do Estado admitiram que os testes do FBI – basicamente, bater na arma com um martelo – foram inadequados, desnecessário e independente das circunstâncias do caso”.

Eles também acusam o FBI de não realizar os testes corretos na arma e observam que os detetives que estavam trabalhando no caso “não forneceram ao FBI detalhes sobre os fatos e circunstâncias do caso que poderiam ter informado suas decisões de teste”. Eles prosseguem dizendo que não está claro se o FBI “preservou cada pedaço da arma quebrada em seus testes”.

O artigo continua abaixo do anúncio

Os advogados de Alec Baldwin argumentam que não há registro de testes do FBI

Polícia divulga fotos do set de Rust após tiroteio fatal
MEGA

A equipe jurídica do ator também tem problemas com a forma como as provas foram coletadas. “Os argumentos do Estado obscurecem que nem seus próprios especialistas nem o examinador do FBI conhecem o estado da arma de fogo em 21 de outubro de 2021”, afirmam, explicando que não há fotos dos componentes internos da arma de fogo.

Eles também dizem que o FBI não tirou fotos nem gravou em vídeo seus testes “porque os promotores e investigadores estaduais nunca pediram essas etapas básicas para preservar esta prova crítica”. Como tal, a equipa jurídica de Baldwin afirma que “nenhuma testemunha pode testemunhar sobre a condição original da arma de fogo”.

O teste da arma de fogo foi feito seis meses após o tiroteio

A polícia dos EUA divulgou imagens de vídeo do set do filme Rust, incluindo as consequências do assassinato fatal de um diretor de fotografia pelo ator Alec Baldwin.  Halyna Hutchins, 42, foi baleada por Baldwin enquanto ele ensaiava com o que acreditava ser uma arma segura.  As imagens, sem áudio, divulgadas mostram Baldwin vestido de cowboy ensaiando com uma arma antes do tiroteio mortal.  Ele pode ser visto nas fotos daquele vídeo posando com a arma e com munições em sua fantasia em uma cena ambientada em uma igreja.  Uma claquete com o nome da Sra. Hutchins também pode ser vista.  Não se sabe se a arma que ele segura é a que disparou as balas mortais.  O ator, que também foi produtor do filme, disse anteriormente que não puxou o gatilho e não tinha ideia de como uma bala real apareceu no set perto de Santa Fé, no estado americano do Novo México.  O gabinete do xerife do condado de Santa Fé divulgou uma série de documentos divulgados para a investigação esta semana.  26 de abril de 2022 Na foto: Alec Baldwin visto em fotos de um vídeo dos ensaios do Rust divulgado por investigadores nos EUA.  Crédito da foto: Santa Fe County Sheriff/MEGA TheMegaAgency.com +1 888 505 6342 (Mega Agency TagID: MEGA851467_005.jpg) [Photo via Mega Agency]
MEGA

A equipe jurídica de Baldwin também argumentou que o FBI conduziu testes seis meses após o tiroteio de Halyna Hutchins em outubro de 2021. O detetive Hancock solicitou o teste para “refutar” a afirmação de Baldwin de que ele não havia puxado o gatilho.

“O Estado não aborda que o detetive Hancock, uma vez informado de que o teste proposto que ela buscava poderia destruir a arma de fogo, autorizou o teste sem fornecer qualquer aviso a Baldwin ou outras pessoas identificadas na época como 'pessoas de interesse'”, afirma o processo.

O artigo continua abaixo do anúncio

A equipe jurídica de Baldwin insiste que este caso é uma violação do devido processo para a destruição de provas e busca que as acusações contra o ator sejam retiradas. No entanto, resta saber se isso acontecerá faltando apenas um mês para a data do julgamento. Uma audiência já foi realizada no mês passado para tentar retirar as acusações, mas a juíza Mary Marlowe Sommer, que também supervisionou o julgamento do armeiro, considerou que o caso contra Baldwin poderia prosseguir para julgamento.

Fornte

RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Most Popular

Recent Comments